Sindicato dos Bancários de Bragança Paulista e Região    |    30 anos    |    1986 - 2019     |
                 

Notícias

COMPARTILHE:


Agências do Banco do Brasil são estouradas em Piracaia
Portal Piracaia | Bragança Paulista - 26/01/2016



As duas agências do Banco do Brasil da cidade de Piracaia foram invadidas por assaltantes na madrugada desta terça-feira. O objetivo era estourar o cofre interno das agências e fugir com o dinheiro.

A ação começou entre 3hs e 3h30 com o desligamento da energia elétrica em alguns bairros. Foram disparados diversos tiros para o alto na região central e muitas explosões e gritos também foram ouvidos. Os bandidos estavam fortemente armados e foram achadas cápsulas de balas de diversos calibres. Além disso, eles usaram miras a laser e danificaram os transformadores.

De acordo com a perícia, que chegou ao local por volta das 6hs, os cofres das agências não foram estourados por serem blindados, mas ficaram com avarias. Além disso, as portas de vidro das duas agências foram quebradas com o uso de objetos. Os caixas eletrônicos permaneceram intactos.

Vizinhos do Banco do Brasil da rua Jan Antonin Bata relataram pânico com o barulho dos tiros e das explosões. Segundo uma vizinha que mora em cima de um comércio ao lado do banco, a casa chegou até a tremer. A farmácia Farma Souza e a loja de matérias de construção Botafogo foram danificadas com os tiros. Um dos tiros atingiu a esquadria da janela de uma casa vizinha à farmácia e por pouco não quebrou o vidro.

Segundo relatos, os bandidos fugiram em alguns carros da cor preta por todos os lados da cidade. Em alguns pontos da estrada foram colocados objetos cortantes para furar os pneus dos carros da polícia. Ainda não há informações sobre o paradeiro dos assaltantes. Ninguém ficou ferido na ação e as duas agências do Banco do Brasil estão fechadas. De acordo com investigações iniciais da Polícia Civil, cerca de dez bandidos em três carros participaram da ação.

Em nota, o Banco do Brasil informou que não há previsão de reabertura das agências e não divulgaram se alguma quantia foi levada. Confira a nota na íntegra:

“O Banco do Brasil lamenta as investidas criminosas na cidade de Piracaia e informa que trabalha para inibir tais ações investindo em segurança através de novas tecnologias disponíveis no mercado, de acordo com as necessidades identificadas.

Adotamos equipamentos e procedimentos de segurança que vão além do mínimo exigido por Lei.

Ressaltamos que todas as Agências do BB possuem um Plano de Segurança aprovado pela Polícia Federal e em conformidade com a Lei 7.102, de 20/06/1983, que dispõe sobre Segurança em Estabelecimento Financeiro.

O Banco do Brasil informa ainda que a equipe de engenharia está analisando as avarias no local e ainda não há previsão de reabertura das agências.

Por motivos de segurança, o BB não divulga imagens do circuito interno ou informações sobre quantias eventualmente subtraídas.”