Sindicato dos Bancários de Bragança Paulista e Região    |    30 anos    |    1986 - 2019     |
                 

Notícias

COMPARTILHE:


Cooperativa incubada pelo Sindicato assina convênio com a FBB
Andréa Ono - Seeb Bragança | Bragança Paulista - 14/06/2018

Formada por agricultores familiares, a Cooperativa Entre Serras e Águas deve iniciar venda on-line de produtos orgânicos ainda este ano


Marcel Barros, Marco Antonio Osório, Mário Cesar Ralise, Alcides Ribeiro de Almeida Jr., Isabel Rosa dos Santos Machado e Evaristo Pereira Foto: Rondin

O Sindicato sediou, no último dia 7, cerimônia de formalização de convênio entre a Cooperativa dos Produtores Rurais Entre Serras e Águas (fundada em 2007) e a Fundação Banco do Brasil formalizaram. A cooperativa foi fundada, em 2007, a partir de parceria entre o nosso Sindicato, o Escritório Regional de Assistência Técnica Integral (Cati/EDR Bragança) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Cooperativista (Sescoop/SP). O projeto “Loja Móvel de Orgânicos”, que prevê a implantação de sistema móvel de venda de produtos orgânicos na região, deve iniciar as operações em setembro deste ano.

Marco Antonio Osório, representante da Superintência de Negócios e Varejo São Leste do Banco do Brasil, assinou simbolicamente o cheque no valor do aporte financeiro a ser liberado pela Fundação Banco do Brasil.

De acordo com Evaristo Pereira da Silva, produtor orgânico beneficiário do projeto e presidente da Cooperativa Entre Serras e Águas, a previsão é que o novo sistema de vendas, que inclui plataforma de vendas on line deva iniciar as operações até setembro de 2018.



Marcel Barros, funcionário do BB, ex-presidente do Sindicato dos Bancários de Bragança Paulista, Região e atual diretor de Seguridade da Previ (fundo de pensão dos funcionários do Banco do Brasil), falou sobre a importância da assinatura deste convênio. “Quanto este sindicato tomou a decisão de fomentar a fundação de uma cooperativa de agricultores familiares, o objetivo foi criar uma oportunidade a agricultores familiares da região se organizarem e ao mesmo tempo beneficiar os consumidores com alimentos mais saudáveis, além de evitar que oportunistas desvirtuassem as políticas sociais voltadas aos pequenos produtores. Hoje, vejo que se abre uma nova porta com a assinatura deste convênio com a Fundação Banco do Brasil”, afirmou o idealizador da Cooperativa Entre Serras e Águas.



Isabel Machado, atual presidente do Sindicato dos Bancários de Bragança Paulista e Região, reforçou a importância do apoio à agricultura familiar, para o fortalecimento dos bancos públicos como agentes de desenvolvimento.

Alcides Ribeiro de Almeida Jr. (diretor da regional da Coordenadoria de Assistência Técnica Integral-Cati, quando da formação da Entre Serras e Água e atual secretário de Serviços de Atibaia) e Mário Cesar Ralise (consultor em administração Cooperativista. Na época da formação da cooperativa, gerente do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo), ambos responsáveis pelo processo de fundação da cooperativa, juntamente com o Sindicato dos Bancários, chamaram a atenção para a importância do processo de formação participativo da Entre Serras e Águas e os novo cenário que se desenha para os cooperados com o novo negócio patrocinado pela Fundação Banco do Brasil.

A cerimônia, que aconteceu no Auditório do Sindicato, contou com a presença de produtores orgânicos beneficiários do estado de São Paulo e de Minas Gerais, representantes da Fundação Banco do Brasil, Banco do Brasil, Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (Cati), Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural de Bragança Paulista (CMDR).

Ao final, foi servido buffet com alimentos orgânicos, muitos deles sem glúten. Grande parte dos ingredientes dos itens servidos foram produzidos pelos cooperados da Entre Serras e Águas (como os legumes dos salgados, cafés, chás e sucos).

Todos os convidados receberam uma caixa de morango orgânico, produto da época e um dos carros chefe da produção de frutas da cooperativa.