Sindicato dos Bancários de Bragança Paulista e Região    |    30 anos    |    1986 - 2019     |
                 

Notícias - Assédio Moral


04/07/2017
 Avanço na luta contra a discriminação e o assédio na Caixa
Passa a valer a partir desta segunda-feira (3), outra nova versão do RH 184 da Caixa, que responde a um dos principais itens da pauta específica dos empregados da Caixa na Campanha Nacional 2016. A vitória foi após denúncia da CEE/Caixa o banco recuou de possibilitar o descomissionamento de mulheres na licença maternidade. Mas mantém arbitrária política de comissionamento da empresa.A principal crítica dos empregados é que o normativo que torna o descomissionamento prerrogativa exclusiva da chefia e altera os critérios em prejuízo dos empregados. No começo do ano conquistamos certa restrição a retirada de função pois determinou que manteria o exercício e pagamento da função por ao menos 60 dias e a eliminação da possibilidade de aplicar a dispensa na instauração da análise preliminar em processos disciplinares, mas permitia o descomissionamento de empregadas na licença maternidade.
- continuar lendo.

03/05/2017
 Dia Nacional de Combate ao Assédio Moral
2 de maio é o Dia Nacional de Combate ao Assédio Moral, que é caracterizado por comportamentos abusivos ao qual os trabalhadores são expostos. Há 6 anos, os bancários têm em sua Convenção Coletiva de Trabalho uma importante ferramenta nesse combate que é a Cláusula 58. A categoria foi pioneira nesse processo, já que foi a primeira a ter um instrumento a favor dos trabalhadores.
- continuar lendo.

24/03/2017
“Monstros” do Assédio ameaçam empregados no Bradesco

- continuar lendo.

30/11/2016
Bancários reivindicam melhorias no Instrumento de Combate ao Assédio Moral e mais rapidez na apuração das denúncias

- continuar lendo.

25/03/2016
Bradesco arruma desculpas para demitir barbados
O Bradesco diz que não proíbe o uso de barba e que bancários não a utilizam por uma pretensa “questão cultural”. E, de fato, em nenhum normativo do banco existe qualquer referência à tal proibição. Entretanto, nas últimas semanas, o banco demitiu dois funcionários “barbados” com a justificativa de que apresentavam baixa produtividade, faltas e atrasos. A denúncia é do Sindicato dos Bancários de São Paulo.
- continuar lendo.

07/03/2016
Bancários cobram estratificação das denúncias de assédio moral nos canais internos dos bancos
A Contraf-CUT, federações e sindicatos se reuniram com a Fenaban na segunda-feira (29) para avaliar o instrumento de prevenção e combate ao assédio moral, que completou 5 anos em janeiro. A avaliação semestral do instrumento está prevista na cláusula 56ª da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).
- continuar lendo.

29/02/2016
Contraf-CUT e Fenaban avaliam instrumento de prevenção e combate ao assédio moral
A Contraf-CUT, federações e sindicatos se reúnem com a Fenaban no próximo dia 29, às 15h, em São Paulo, para fazer a avaliação referente ao segundo semestre de 2015 do instrumento de prevenção e combate ao assédio moral, previsto na cláusula 56ª da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).
- continuar lendo.